segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Sonhos

Canto o que ainda não tenho
Para ter o que me falta
Monto castelos de vento
Palácios em terras altas
Tão altas que não alcanço
[Pobre imaginação incauta]

Mas de tanto, tanto querer
Para não ficar na vontade
Hei de um dia poder
Fantasia fazer verdade
E viver feliz para sempre
Há de ser realidade

(Grazielle Santos Silva)

* Poster dos filme Dreams (1990) indicado ao Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro. Dirigido por Akira Kurosawa

6 comentários :

Livia D disse...

Sempre tive medo de sonhar. Porque as vezes tenho a impressão de que meus sonhos são tão difíceis de se tornarem realidades que acabo achando perda de tempo.

Mas o que seria da vida em essas imaginações??

Tata disse...

há de ser, e será.
bjo!

Olhos Virtuais disse...

Oie...
Que a fantasia vire verdade

bjs

Thito disse...

Vai ser realidade sim. De gota em gota, de grão em grão. Porque a felicidade se faz de pequenas porções.

Dany disse...

Graziiii!!

Saudades de tu!
Aff! Soh vc mesma pra me fazer ler Cecilia na tora... Gosto naum! :s

Xeeeeeru! =**
E saudades de novo! :)

Uriel Marx disse...

Esse filme é excelente!!! Aliás, nunca entendi exatamente por quais meandros é que (nos parece tão natural...) a palavra sonho designa, ao mesmo tempo "aquilo de que lembramos durante o sono" e "aquilo que desejamos na vigília".

Não deve ser porque ambos não tem existência material... O teorema de pitágoras também não tem, e nem por isso lembro de ter visto alguém chamá-lo de sonho.

Nem deve ser porque são bons. A maior parte dos meus sonhos (dormindo), pelo menos, não são bons nem ruins...

Comente com o Facebook:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...