domingo, 16 de março de 2008

Simplesmente Você

Nota pré-textual: Texto antigo que estava num caderno que eu ia jogar fora. Agora eu entendo porque minha professora de filosofia diz que a vida é um ciclo rsrsrs

Seus verbos na segunda conjugação,
Seus vícios de linguagem,
Seus lábios que tudo falam,
Seus braços que me protegem,
Sua boca
que me beija...

Seu Beijo,
Meu desejo.
Seu corpo,
Meu repouso.
E tudo que eu quero ter
É Simplesmente você!

Você ao meu lado,
Em qualquer lugar.
Aqui, aí,
Onde eu te encontrar.

Simplesmente você...

E enquanto está distante,
Vou contando cada instante,
Que falta pra você voltar!

(Grazielle Santos Silva)

5 comentários :

Thito disse...

Quem espera, alcança.

;)

Bruno disse...

HIAuHIAhuAIA

O começo parecia aquelas aulas chatas em que a professora ficava falando de vícios de linguagem e papapá...

=/

Legal =)

Cacá BH disse...

oi grazi...
que poeminha mais fofo....
adorei...
aff, melhor ne falar de galo, tõ nos nervos...
hehehe

Aju disse...

Bem direto e sinero o poema, gostei :)

Ah, vc é sergipana? Quem sabe qdo for a Sergipe agente nao se conheça :)

Bjos

Gabriele Fidalgo disse...

Puro e sincero!!

lindo!

Comente com o Facebook:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...