quarta-feira, 19 de março de 2008

Foi-se o ponteiro

A cada volta que faz o ponteiro
Eu já não sou a mesma,
Não sou mais assim.

Cada vez que o ponteiro faz uma volta
Já não sou inteira
Foi-se parte de mim

E não há tristeza em não ser mais Eu
Porque Eu pra sempre
É muito ruim.

Cada vez que anda o ponteiro do relógio
Sou uma pessoa nova
Sou melhor
E fim.


(Grazielle Santos Silva)

4 comentários :

Gabriele Fidalgo disse...

A arte de se reinventar e se renovar a cada instante. Para isso nunca há limites.

beijos, querida. :}

Thito disse...

Sobre o seu comentário: se não lhe incomodasse você nem se dava ao trabalho de escrever. kkkkkkk
Xero

Cacá BH disse...

prefiro não pensar nas voltas do ponteiro...
está tudo tão rápido....
beijos

Felipe Lima disse...

Oi,

Sou seu fã!! ^^ kkkkk
Resolvi postar no meu blog. Tempo que não tinha nada escrito, só criado. Agora vou ver se de vez em quando escrevo algo por aqui!! =)
Beijo Gra!!

Comente com o Facebook:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...