quinta-feira, 28 de junho de 2012

Quem?

poster do filme sob o sol da toscana
Escrevo um pouco dos meus sentidos e sentimentos. É minha maneira de fotografar o mundo. Minhas impressões em palavras. E as palavras tomam formas próprias. Não adianta tentar esculpir, pintar, desenhar... Em cada cabeça elas se recriam, se remontam de um jeito diferente. E nas várias faces das palavras eu me mostro e me escondo. Estou no que escrevo e no que guardo pra mim. Não adianta tentar me entender. Eu estou aqui, mas não estou. Sei-me até certo ponto. Depois disso: Quem eu sou?

(Grazielle Santos Silva)

* Pôster do filme "Sob o Sol da Toscana".

4 comentários :

Cacá BH disse...

lindíssimo, não há melhor maneira de fotografar o mundo do que transforma-lo em versos ou em prosa....
beijos!

jucosfer disse...

talvez assim como eu,
você seja muito para ser!

Ana disse...

Palavras que têm vida própria, e são carregadas de sentimentos por detrás. Não é necessário escrevê-los, tão frios ficam no papel. Quem sou eu? Tb só sei até certo ponto. No mais, tento me descobrir, e quem quiser que me descubra também.
Belo texto.
Beijo
Ana
www.mineirasuai.blogspot.com

Thito disse...

Se você mesmo já disse que não é pra tentar te entender... Vou obedecer.

O legal que o mundo é um só, o que muda é como ele é processado e digerido por cada um. Já assistiu Janela da alma?? Um documentário muito interessante.

E boa sorte nos textos, trabalhos, apresentações, ensaios, provas, aulas e o que mais for.

Comente com o Facebook:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...