sábado, 8 de dezembro de 2007

Uma paixão a cada novo olhar.

“Uma paixão a cada novo olhar.” Será mesmo isso possível ou estou perdendo as faculdades mentais? Alguém me perguntou se com as mulheres isso também acontecia, se elas se apaixonavam a cada lançar da vista, porque – assim ele afirma – os homens seguem essa regra. Bem... se todas são assim eu não sei, mas quero acreditar que isso não aconteça só comigo e que mulheres também desfrutam dessa graça. Afinal apaixonar-se faz tão bem. Sintomas como a perda de ar, do equilíbrio, do dom da fala, suor frio juntamente com um calor intenso – que mais parecem os de uma doença incurável – fazem uma falta quando não aparecem por uma grande quantidade de tempo. Não sei quanto a vocês, mas eu não consigo viver sem sentir-me assim. Nem preciso porque às vezes uma simples caminhada à padaria já me faz ir às nuvens. Tanta gente que se encontra pelo caminho, tantas faces, tantos olhos... E quando esses olhos se cruzam com os meus e me correspondem na mesma intensidade perco até o rumo. Mas enfim, quero que fique claro que isso não é um discurso de uma eterna apaixonada. É apenas um relato corriqueiro de algo que (creio eu) acontece com todo mundo. Mesmo porque neste momento não estou apaixonada. Acabo de chegar do trabalho e estou cansada, meus olhos estão quase se fechando e as palavras já me estão fugindo. No entanto amanhã é outro dia e a partir do momento em que eu abrir meus olhos e sair de casa já não posso garantir que eu continue assim. Afinal quem sabe que olhares encontrarei pelo caminho?
(Grazielle Santos Silva)

3 comentários :

Pablo disse...

Uma vez vi em um filme um personagem que dizia, "um homemm se apaixona por uma mulher a cada novo segundo". Ouso dizer que não só os homens mas todas as pessoas o fazem. Acredito que todo mundo se apaixona várias vezes nessa vida (ás vezes pela mesma pessoa, repetidas vezes), mas amar, amar é muito raro há quem viva sem amar ou sem ter sido amado!
Ah, que belos pensamentos antes de dormir hein!!

Julian Sampietro disse...

Sinceramente pensei que isto acontecesse apenas comigo e outras poucas pessoas. Agora vejo que não.
Infelizmente, desde o começo deste ano, eu venho tentando mudar isso em mim. Tudo para evitar as tão constantes mágoas e decepções.
Por um lado é bom, por outro é bem ruim. Afinal, o que é um ser humano sem seu deslumbramento e paixão por outros seres humanos?
Bjos!

Dunya disse...

aaaah...

n�o estou apaixonada, mas olha que sinto falta de sentir isso...

bjos

Comente com o Facebook:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...