sexta-feira, 7 de setembro de 2007

Perdi meu juízo

 
Já dizia a minha avó: "Refaça seu caminho e encontrará o que perdeu". Quase sempre funciona. Costumo perder os óculos quando me arrumo pro trabalho e, refazendo meu trajeto, em 5 minutos descubro que os esqueci na mesa da cozinha. Assim faço com a caneta, o caderno e a escova de dente – que vira e mexe vai parar na escrivaninha, porque escovo os dentes e escrevo ao mesmo tempo.

 

Mas dessa vez a técnica não funcionou. Perdi meu juízo e não sei onde encontrá-lo. Na verdade juízo não é algo que se sinta falta tão facilmente. E eu estava vivendo sem ele há algum tempo, até que fui cair na mesma asneira que há anos não caia. Então percebi: Como é que eu fui fazer aquilo? Cadê o juízo que estava aqui? Já procurei por todos os lados. Debaixo da cama, em cima do telhado, procurei pela rua e no caminho do teatro, mas não o acho. Não encontro meu juízo em lugar algum.

 

Estou desesperada. O que vai ser de mim agora? Sem juízo eu sou altamente vulnerável! Onde foi que o deixei? Acho que ele se perdeu ali entre a ida ao cinema e o jantar na casa árabe. Ou foi no dia que resolvi ir à boate? Enfim, quem o encontrar favor entrar em contato, manda e-mail ou recado e serei muito grata.

 

Aguardo respostas.
 
Ass.: Desajuizada!
.................................
Só pra manter o blog atualizado!

4 comentários :

Anônimo disse...

Não sei se a intenção foi dar um ar humorístico ao texto, mas acabei soltando alguns sorrisos durante a leitura. Muito legal, aliás, um dos melhores nesses últimos meses!
[]´s

Grazi! disse...

A intenção foi essa...
Grata pelo comentário.

Marcelo Almeida dos Reis. disse...

É bem capaz de o juízo ter ficado lá no YES! ;*

Patrick disse...

desajuizada...
se encontrar, eu devolvo... ou não. ;)

Comente com o Facebook:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...