quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Retrospectiva 2011

É lugar-comum fazer retrospectiva de tudo quando o ano vai chegando ao fim. A própria vida é revisada nesse momento. São relembradas conquistas, promessas não cumpridas, obstáculos, derrotas... Tudo para tentar fazer um novo ano novo. Acho válida essa revisão em qualquer época - não só no fim de ano - afinal objetivos precisam ser traçados, buscados e acompanhados até que sejam atingidos. Isto posto, reli os textos e pensamentos que passaram por aqui para revisar minha trajetória.

Comecei o ano um pouco assustada com a constatação da extinção do romantismo. Realmente não é mais uma prática tão comum, precisa ser preservada e eu, como romântica assumida, tenho feito minha parte. Constatei também, esse ano, que expor os pensamentos é necessário, mesmo que seja um não. Na vida pessoal e profissional é preciso saber mostrar suas ideias, anseios e preocupações e por vezes ter ousadia. Descobri ainda o universo dos números - não é fácil lidar com eles, mas estou aprendendo aos pouquinhos. No quesito sentimentos, conheci vários de pertinho - alguns novos e bons, outros nem tanto. Escrevi pela primeira vez sobre o dia dos namorados com conhecimento de causa e espero comemorar todos acompanhada daqui para frente - foi bastante inspirador para meus textos.

Enfim, como qualquer ano, 2011 foi repleto de escolhas, desejos, dúvidas, desafios e conquistas. Na minha to do list para 2012, entre outros itens, quero paz pro meu coração e menos preocupação. Desejo o mesmo para vocês, leitores e amigos que me companham por aqui. Feliz Ano Novo!

(Grazielle Santos Silva)

* Pôster do filme "Noite de Ano Novo". Está em cartaz, ainda não vi, mas tinha tudo a ver com o texto.

O tema foi sugerido por um amigo Adamo que respondeu a um pedido de inspiração que fiz em um momento que não sabia sobre o que escrever. Recebi outras sugestões também e estou produzindo aos pouquinhos.

Pétala, obrigada pelos comentários. Adoro quando você aparece por aqui.

Um comentário :

Pétala disse...

E eu amo estar aqui! Gostei muito quando você disse que a revisão de vida deve ser feita em qualquer época - poucos se dão conta disso. Os ciclo da vida, embora tenha aspectos comuns a todos, também tem detalhes muito individuais, que fazem com que eles se renovem em dias diferentes para cada um, independente do calendário. E independente do calendário, torço para que você seja feliz, todos os dias!

Beijos e pétalas.

Comente com o Facebook:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...