sábado, 25 de julho de 2009

A Dança

Mais que rodopios e piruetas e cambrés e elevés, a dança é o meu jeito de estar mais perto de mim. Não importa se os movimentos foram milimetricamente pensados e ensaiados ou se descoordenados e espontâneos, quando a música toma o ambiente todos os problemas somem, a ansiedade se dissolve, as preocupações desaparecem. Pontas dos pés. Braços ao ar. O mundo pára. Dançando eu não sinto nada além de uma imensa alegria e uma leveza indescritível. No palco ou na pista de dança, estou em casa. E vocês hão de concordar... não há lugar melhor que o lar.

(Grazielle Santos Silva)


* Pôster do filme "Vem dançar" (Take the lead). Só porque eu tive que assisti-lo centenas de vezes em um mesmo dia para poder entender o espírito do tango e dançar na minha apresentação.

4 comentários :

Pétala disse...

Esse filme foi o máximo, mas a cena que está na capa foi o auge, e merece mesmo ser assistida centenas de vezes. O Banderas é o próprio espírito do tango. Quem é que não gostaria de dançar com ele pelo menos uma vez? Uuuuiii...

Beijos e pétalas.

Solange Maia disse...

Gostei de ter vindo aqui e conhecido seu blog.
Adorei os textos e as sugestões de filmes... muitos já assisiti e adorei, os outros vou colocar na lista dos próximos a serem vistos !!!
Parabéns !
E dance... dance sempre....

Beijo,

Solange

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

Tata disse...

dançar, também adoro. desde que seja livre, sem estética, sem julgamento. livre, braços abertos, alma entregue. delícia.

Thiago Borges disse...

Eu, como dançarino, amo esses filmes de dança *_* Esse então, é sensacional!

http://www.canseidesercult.blogspot.com/

Comente com o Facebook:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...