sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Degustação

poster do filme O amor não tira fériasAcreditei e quebrei a cara. Pela milésima vez. Quando as coisas repetem-se com tanta frequência, ultrapassa a dor física. Parece que dói a alma. E minha alma doía tanto, mas tanto, que o sorriso ficou escondido em algum lugar distante junto com a alegria e o amor próprio. Tentei esconder, camuflar, fazer-me de fortaleza, mas não pude evitar. Então decidi curtir tudo isso. Porque nenhum sentimento aparece à toa. Senti o gosto da dor de rejeição, de solidão, de abandono e mais tantas que aparecem no cardápio da vida. Degustei cada uma delas até o último pedaço. Gastei todas as lágrimas e recorri a todos os ombros amigos. Aí um dia – na hora certa – passou! O amor próprio e a alegria voltaram com uma força incrível e – quase que instantaneamente – abri um sorriso.

(Grazielle Santos Silva)


* Poster do filme The Holiday "O Amor não tira férias": Duas mulheres tentam fugir daquilo que lhes causou dor e acabam tendo grandes surpresas.

10 comentários :

Welton Nogueira disse...

vejo a vida como uma eterna degustação.
contudo, só algumas coisas podem ir além da degustação.

Thito disse...

"Tudo vale a pena quando a alma não é pequena."

Boa viagem.

Mary disse...

e é tão bom quando passa! aí a gente recomeça outra história... :)

adorei esse filme!

beijoss

Ana Leticia disse...

A vida é um ciclo, sempre... Então, a gente dá a cara a tapa sempre, e perde sempre, mas tem dias q ganhamos tb, né?
Enfim...
Excelente texto!
Becitos.
Ana
www.mineirasuai.blogspot.com

Andresa disse...

Boa Viagem!!

Sentirei falta das postagens, mas dá p/ suportar...

Bjs!

J.F. de Souza disse...

VOLTA LOGO!!! =D

=*

Tata disse...

mais vale sentir doer a alma que não sentir mais coisa nenhuma... não é?

Welton Nogueira disse...

Olá.
Tem selo para vossa senhoria lá no Ora píulas!

Favor, ler as regras.
Abraço.

Thami disse...

Pois é, nem sempre fugir resolve. É quando tentamos fugir de um destino que, muito provavelmente, estamo correndo de encontro a ele. Não que eu acredite em destino. Mas não que eu desacredite.

O importante é seguir em frente, acho. Tem aquela frase, daquele outro filme que é assim: "Você tem 5 minutos para mergulhar na tristeza profunda.
Aproveite,desfrute,descarte... e siga em frente!"

beijo!
(eu acho que eu exagero, haha)

Fabiana Droppa disse...

A do rei o texto menina.
Acho que tudo é válido, falar é fácil, mas o lance é: viver o que tiver que viver, chorar o que tiver que chorar, mas tirar algum proveito, algo sempre vem e na hora certa...penso por ai.
Em minha vida lido como que cada situação vivida seja um sinal, fico atenta e reflexiva.

Ah, sobre o filme, amo amo amo, tipo ele está na lista dos "vale a pena ver sempre" ahaha

Um beijo.

Comente com o Facebook:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...