quarta-feira, 2 de maio de 2012

Inquietude

poster do filme Beijo RoubadoEngraçado como um texto que fiz em 2009 sobre algo que eu não sentia de fato só veio fazer sentido esses dias. Espero que ela passe mesmo...

Acho que todos nós passamos por momentos de inquietação. As razões são inúmeras. Tantas que poderiam encher essa página até o fim. No entanto, não importa se por uma decepção amorosa, pelas contas a pagar no fim do mês ou por escolhas a serem feitas, inquietação quando surge traz efeitos muito conhecidos e nada agradáveis. O ar se rarefaz. O coração aperta e fica tão pequeno que quase some. A cabeça não pára em busca de soluções que às vezes nem existem. Alguns deixam as lágrimas caírem. Outros mantêm o pensamento distante. Há quem perca as palavras pelo caminho e outros as buscam num ombro amigo. De maneira geral, é uma sensação que parece eterna e só de pensar em "inquietação para sempre" perdemos o controle.

O problema é que esquecemos que numa vida tão cheia de sentimentos, não é justo que um só permaneça. E não permanece! Na hora certa, quando estamos preparados, a inquietação enfim vai embora. Aí surge o alívio! E tudo volta a fazer sentido.

(Grazielle Santos Silva)

Nota pós-textual: O primeiro post de 2009 com um novo desafio... Escrever sobre o que senti ao ver um filme. Há tempo que queria fazer isso, mas nenhum filme havia me inspirado tanto quanto esse. Talvez por não ser um filme convecional ou por identificar-me com algum personagem. Fato é que fiz o texto assim que o assisti.
*Poster do filme Beijo Roubado (My Blueberry Nights)

Soundtrack:
The Story by Norah Jones
The Greatest by Cat Power
Harvest Moon by Neil Young

6 comentários :

Tata disse...

a verdade é que é nesses infinitos vaivéns que reside a poesia de tudo... não?
bjo!

Diogo disse...

Acho que inquietações devem fazer parte das nossas vidas... Sem elas o desenvolvimento de projetos e idéias se acomodaria em algum canto... Mesmo q os víssemos todos os dias, correríamos o risco de deixá-los sempre pra "daqui a pouco"... E existe também o fato de que sem elas nós não conseguiríamos dar o devido valor aos momentos de total tranqüilidade e paz... Em que parece que o tempo parou só pra gente...

Mirelle disse...

A inquietação vai embora, infelizmente (ou felizmente) por pouco tempo pq precisamos dela para movimentar essa coisinha que chamamos de vida. rsrsrsr

bjsssssss

San disse...

Nooossaaa! Você conseguiu colocar em palavras tudo aquilo que estou sentindo e pensando atualmente!

Acho que devemos todos lembrar que "o aprendizado é obrigatório, mas a dor é opcional!"

Ainda não assisti o filme (My Blueberry Nights) mas tá na minha lista, ainda mais agora que depois de ver esse filme, você escreveu esse texto em que me identifiquei tanto!

Beijo.

Nara Caroline disse...

The Greatest by Cat Power
Muito boa essa música ;)

Bju

Ana Leticia disse...

Lindo!
E o filme é PERFEITO!
Beijo
Ana
www.mineirasuai.blogspot.com

Comente com o Facebook:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...