terça-feira, 5 de junho de 2012

Fascínio

poster do filme Despertar de uma paixãoChegou miudinho
De mansinho
Encostou-se como quem pede carinho
Deu-me um beijo de levinho
E foi embora

Nem me despedi do danadinho
Fugiu como foge o passarinho
Deixou-me pensamento sozinho
E um gosto amargo de saudade



(Grazielle Santos Silva)


* Poster do filme Despertar de uma paixão

12 comentários :

Thiago R. disse...

Sincero seu blog! E esse tipo de poema da um charme.

Thito disse...

Passarinho é assim mesmo
só canta bonito em liberdade
faça com que ele volte
e sempre poderá matar a saudade...

Olhos Virtuais disse...

Que passagem rápida.... podia ter ficado mais tempo. rs

Seu blog é muito agradável de ler
bjs

Luiz Guilherme Amaral disse...

Ah, que bonitinho! Parece letra do Milton Nascimento.

Vinicius disse...

E eu como sempre vou emular esse filme rs...

J.F. de Souza disse...

Mto lindo, o escrito, dona Grazielle...

E valeu pela visita ao EscúchamePorra!!! Volte amis vezes!!! =D


=*

Ana disse...

Que poema lindinho!
Saudade deixa gosto de paixão, de fascínio e quero mais... Seria amargo para uns e doce para outros?
Bjos
Ana
www.mineirasuai.blogspot.com

Thami disse...

(Você promete mesmo que não conta para ninguém?)

A saudade sempre destoa, né? Não rima. Acho injusto: as pessoas vão e ela fica. Quem é que pede para ela ficar?
Mas se você não se despediu... ah, pode ser que ele volte!

beijos!

(l' excessive) disse...

Vim até aqui pelo blog dos 7.
Ambiente charmoso, criativo e bom de ler. Não bastasse tudo isto, ainda tem uma cover de Audrey Hepburn que escreve bem pra caramba!
Parabéns!

Cris Santos disse...

Grazi, sempre me admira como você consegue conjulgar beleza e simplicidade de forma tão sigela e doce :)
Aquela velha frase: Porque tudo que é bom, é tão passageiro?

Tem um selo te esperando lá no blog, quando tiver um tempinho, dá uma espiada por lá;)
Beijos!

Rebeca Rocha disse...

acho que já li isso em algum lugar. Oo'
muito bonitinho =]
;** linda!

Fabiana Droppa disse...

Grazi, querida Grazi, que poema gostosinho de ler (li pelo email (assinatura) e corri pra ca.
Adorei.
Quanto ao filme é belíssimo, uma fotografia de chorar e uma história fascinante, acho que ele casou muito bem com o tema do post.
Super beijo.

Comente com o Facebook:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...