terça-feira, 1 de julho de 2008

Esperei

Esperei,
Não sei o quê.

Esperei,
Não sei por quê.

Esperei,
Por você.

Esperei,
Nem vi o tempo passar.

Esperei,
Você me amar.

Esperei,
Até doer meu coração.

Esperei,
Mas foi em vão.




(Grazielle Santos Silva)


Nota pós-textual: Ontem na faculdade estavamos discutindo sobre expectativas. Segundo o professor: "Quem espera acaba atraindo; quem não espera termina conseguindo." Fiquei com isso na cabeça o dia todo... Aí encontrei esse texto que tinha feito há um tempinho e resolvi postar. Pois bem... Chega de esperas! Principalmente as esperas vãs.

7 comentários :

C@rlos Andr£ disse...

Ótimo texto Grazi, como sempre! Senti um ar meio de tristeza!!! Mas achei legal!! Bjus

Welton ''Shiryu'' disse...

já dizia o poeta:
"quem espera, sempre cansa".
haha

Cacá BH disse...

hum.... hj eu estava falando isso com a minha avó... que tanta espera que tenha passado na minha vida me fez ficar mais paciente, pelo menos... contudo, não espero somente.. eu faço por onde... porque esperar pode ser em vão, como no caso desse poeminha
beijos

Olhos Virtuais disse...

Oie...
Tem um selinho pra vc lá no Olhos Virtuais... passa lá.

Bjs

Thito disse...

Nêga, nada é em vão. Nem mesmo o amor não correspondido.
Xero

Alessandro disse...

Bom, acho isso questão de bom senso.
A gente tem que saber esperar, ainda mais quando se trata de uma pessoa, afinal... você tem que respeitar o momento dela, mas não ficar na inércia. Saber a hora de parar de esperar que aquilo o que você tanto quer caia do céu e correr atrás.
o difícil é saber o momento em que você tem que ir a luta!
Mas é bom lembrar: "Pior que lutar e perder, é não lutar por medo da derrota!" Sempre vale a pena lutar. ;)
Beijo

Patrick Leite disse...

Oi fadinha, bom poema, não muito longo, do jeito que eu gosto...vc contou as sílabas?Vou ver se ainda sei contar sílabas de um poema!
Ei...vc estava falando sobre a aula de Psicologia?
Aee bjaoo!!

Comente com o Facebook:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...