sexta-feira, 11 de abril de 2008

Artimanhas da Paixão

É cada uma que a paixão faz com a gente...

Primeiro nos deixa contente
Depois, como um delinqüente,
Rouba-nos a esperança,
E choramos feito criança.

Faz-nos, de reticentes,
Totais inconseqüentes,
E a atitude desmedida
Passa a guiar nossa vida.

Chega sem pedir licença.

Vai-se sem dizer adeus.
Deixa-nos atordoados,
Sem palavras, acuados
Completamente indefesos.

Ainda assim a gente não aprende...
E sempre que ela aparece,
A gente se rende
Sem grandes resistências

A paixão faz cada uma,
Mas não dá para viver sem ela,
Só assim a vida fica colorida.



(Grazielle Santos Silva)

Nota pós-textual: Postagem de número 100!

5 comentários :

Яσьεяτα disse...

Aceita participar? ser uma das autoras tb? Adoraria se vc quisesse escrever lá tb.
Bjs

Thito disse...

"A paixão é como uma raio,
laço pra uma armadilha,
um lobo correndo em círculos
para alimentar a matilha.

Comparo sua chegada
com a fuga de uma ilha.
Tanto engorda quanto mata,
feito desgosto de filha."

Mirelle disse...

Ai, ai paixão.......
Tão envolvente e dolorosa
Mas gostosa de viver!!!
Tanto que sempre estamos a procura dela.

Qto tempo q não comento aqui ein?
Bjãoooo

Nina disse...

Não tem quem não se renda à paixão...
Tudo fica tão mais bonito!!

Teresa disse...

A paixão faz cada coisa mesmo, né?

Mas ela é essencial!

=*

Comente com o Facebook:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...