terça-feira, 7 de abril de 2009

As Dálias que me contaram

As Dálias me contaram que existe amor. Sei que as Dálias não mentem, mas desconfiei. Hoje em dia amor tem tanto prerrequisito, tanto protocolo e ainda sim tanta fraude que cheguei a pensar que era tudo uma lenda. Aí elas me afirmaram que foram testemunhas desse sentimento. Foram as Dálias as escolhidas para acompanhar esse romance. E todos os dias, elas chegavam com sorriso largo, aconchegadas nas mãos dele para presentear aquela que era a razão de sua alegria. Estivessem na beira da estrada, ou na ponta do barranco, ele as buscava para encher de luz a face da sua eleita. Foram elas que acompanharam o casal na alegria e na tristeza, na saúde e na doença exatamente como proferidas as promessas diante do altar. Elas também viram nascerem e crescerem os frutos dessa união. E até hoje são elas que a fazem lembrar como é poderoso e infinito o sentimento do seu amado. Então não pude contestá-las. Só por isso é que acredito!

(Grazielle Santos Silva)

Nota pos-textual: Baseado em fatos reais.

* Poster do Filme "Diário de uma paixão". Como é a 3ª vez que ilustro um texto com esse filme - e não consegui pensar em outro - resolvi colocar a versão do poster no Japão.

Um comentário :

Tata disse...

tô com as Dálias e não abro!
:-)

Comente com o Facebook:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...